quinta-feira, 31 de março de 2011

"Cinema brasileiro não faz mais filmes idiotas", diz Wagner Moura

Esta fala acima, aconteceu logo após Wagner Moura ganhar o prêmio de melhor ator da Associação Paulista dos Críticos de Arte, pelo personagem: Coronel Nascimento de Tropa de Elite 2, nesta última terça-feira (29), em São Paulo.

"É bacana ver que o cinema brasileiro não faz mais filmes idiotas", declarou o ator, que evitou falar com a imprensa. Irene Ravache levou o troféu de melhor atriz pela Clô de Passione, e apresentou a cerimônia com Dan Stulbach. Rodrigo Faro foi o melhor apresentador de TV. Entre os vencedores estão Arnaldo Antunes, Martinho da Vila, Pitty, Dani Calabresa e Marcelo Adnet. Reconheço esta fala e apoio o ator que pra mim, é um dos melhores na atualidade, seguido por Rodrigo Santoro, Selton Mello e Lazaro Ramos. Todos são feras!


Vejo isso, pelas produções que alguns amigos meu estão fazendo no interior de São Paulo. São de última geração. Roteiro, edição, fotografia, tudo nos mínimos detalhes e de altíssima qualidade. Em alguns postes antigos você pode conferi-las: A Saga de Maria Antônia” (que estreia no dia 30 de abril, em Marília-SP) e “A Caminho do Céu”. Creio que o Cinema Brasileiro irá voltar a crescer como era nos tempos da “Vera Cruz”, pois o crescimento era continuo. Tenho fé!

quarta-feira, 30 de março de 2011

Chineses em Rio Preto

O Instituto Confúcio da Unesp, incluindo o Campus de Rio Preto, acaba de ser agraciado com o prêmio de o melhor do mundo, outorgado pelo Governo da China. Como se sabe, o Instituto Confúcio, cujo objetivo é promover a língua e a cultura chinesa em todo planeta, é presidido no Brasil pelo jurista riopretense Durval de Noronha Goyos Jr. E está apenso à Unesp.

Com isso, o Corpo de Ballet Folclórico da Universidade de Hubei, da China, faz sua premier nacional nesta sexta-feira, em Rio Preto, no Teatro Municipal “Humberto Sinibaldi Neto”. Depois da apresentação no solo rio-pretense, o grupo segue para Brasília, para mostrar sua arte. Volta em seguida para cá e faz uma turnês por São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, sempre baseado em Rio Preto, fato inédito na vida cultural da cidade.

A vinda do grupo de balé a Rio Preto coincide com a chegada de cinco professores chineses que vêm para fazer um treinamento da língua portuguesa na Unesp-Ibilce. Antes, esse tipo de treinamento era feito em Portugal. Fonte: Nenê Honsi.

Personalidades dão mais credibilidade em campanhas

As propagandas de sustentabilidades também fazem parte dos trabalhos de artistas e muitos lutam pela causa

O tema mais falado nos dias atuais é “Meio Ambiente” e a palavra sustentabilidade tem estado presente em grande parte das negociações empresariais, ações publicitárias, discursos políticos, reivindicações e, há algum tempo, também está na boca e nas práticas de muitas pessoas públicas pelo Brasil e pelo mundo.

A modelo Gisele Bündchen e a atriz Isabel Filardis são exemplos de envolvimento com as causas ambientais. Além de participarem de campanhas sobre o tema, elas têm os seus próprios projetos ambientais, chamado de “Água Limpa” (no Rio Grande do Sul) e “Doe Seu Lixo” (no Rio de Janeiro), respectivamente.


Marcos Palmeira, Christiane Tornoli e Victor Fasano são outras figuras presentes em campanhas de cunho sustentável. Os globais colaboraram na ação Saco é um Saco, desenvolvida pelo Ministério do Meio Ambiente, para reduzir a quantidade de sacolas plásticas consumidas pelos brasileiros. Além disso, Christiane e Fasano já protagonizaram discursos públicos sobre a exploração amazônica. Na ocasião, ambos fizeram um abaixo assinado e conseguiram que o tema fosse discutido em plenário, em uma sessão exclusiva. Porém, não são só artistas que fazem esse tipo de trabalho, vários políticos e pessoas renomadas buscam ajudar o meio ambiente.


Para Mário Welber, jornalista e assessor do Secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas (PSDB), os artistas emprestam suas imagens, pois sabem que os seus fãs irão se conscientizar com a causa, “eles contribuí com a educação ambiental e, por serem públicas, tem mais credibilidade junto à população”, explica.


As apresentadoras Didi Wagner e Marina Person são filiadas à ONG ambiental Greenpeace e, em diversas ocasiões, deram exemplo de que cuidar do meio ambiente deve ser um dever de todos os cidadãos. “Existem muitas coisas no seu dia-a-dia que podem contribuir com o ambiente, são coisas pequenas que acabamos negligenciando. A quantidade de embalagens que agente consome na semana é uma coisa absurda. Claro que os grandes problemas são as empresas que poluem o ar, mas nós podemos fazer pequenas coisas que no futuro farão uma grande diferença”, afirma Person.


Até mesmo o astro e fenômeno do futebol, Ronaldo, se mostrou mais sustentável ao optar por uma casa com telhado verde e sistema de reciclagem de água.


Os famosos estrangeiros também fizeram e ainda fazem a sua parte. James Cameron, o diretor de Avatar, filme que foi sucesso mundial de bilheterias, mostrou a sustentabilidade no cinema e também na prática, ao vir para o Brasil protestar contra a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, em 2010. Ademais, os também hollywoodianos, Brad Pitt, Angelina Jolie, Leonardo di Caprio, Cameron Diaz e muitos outros aproveitam o prestígio internacional para divulgar essa prática, que é mais do que importante para todo o planeta.


A sustentabilidade tem se popularizado no discurso, mas, mais do que isso, ela deve ser colocada em prática, pois as grandes tragédias podem ser evitadas pelos pequenos atos.


Obs: Matéria feita para o jornal laboratório da Faculdade Unilago.

MUDANÇAS DA LEI ROUANET

O assunto volta a roda e precisa de atualização da informação. Como anda o PROCULTURA – projeto que altera a Lei Rouanet em vigor – no congresso nacional ? Depois de todas as andanças o projeto foi aprovado na Comissão de Educação e Cultura ( com substitutivo da Dep. Alice Portugal) e agora se encontra na Comissão de Constituição e Justiça, cujo relator é o Dep. Pedro Eugênio. A seguir será encaminhado à Comissão de Orçamento. Depois da aprovação nessa comissão, passará pela Comissão de Industria e Comércio cujo Presidente o solicitou em dezembro do ano passado. Dai segue para votação no plenário da Câmara. Aprovado, vai para o Senado. Se não sofrer alteração vai para sanção presidencial. Caso o Senado altere algum item ele volta para a Câmara dos Deputados. Portanto, seu trajeto final não é curto e está nas mãos do Congresso.

Então, é só aguardar e aguardar bastante!

LiveBlog Omoristas

Ontem a noite, dia 29, participei do “LiveBlog Omoristas”, convidado pelo @omoristas e @pimentta – foi muito bom, só tinha gente fera como: @japonesbaiano (Transexual na Bahia), @agarie (Responsável pela Al Qaeda), @bernadoveloso (Garoto de Programa em Ipanema), @jorgebarbosa (Roteirista de Sitcons Pornôs) @fabiorosa_ (Pantera Cor de Rosa), entre outros. Obs: To brincando galera todos esses cara citados são feras no humor e pessoas inefáveis. Foi uma honra participar desse “LiveBlog” com pessoas tão respeitas, para que quiser conferir é só olhar abaixo:





LiveBlog Omoristas

Ontem a noite, dia 29, participei do LiveBlog Omoristas, convidado pelo @omoristas e @pimentta – foi muito bom, só tinha gente fera como: @japonesbaiano (Transexual na Bahia), @agarie (Responsável pela Al Qaeda), @bernardoveloso (Garoto de Programa em Ipanema), @jorgebarbosa (Roteirista de Sitcons Pornôs) @fabiorosa_ (Pantera Cor de Rosa), entre outros. Obs: To brincando galera todos esses cara citados são feras no humor e pessoas inefáveis.


Foi uma honra participar desse “LiveBlog” com pessoas tão respeitas, para que quiser conferir é só olhar abaixo:





terça-feira, 29 de março de 2011

segunda-feira, 28 de março de 2011

“O MUNDO PODE ATÉ FAZER VOCÊ CHORAR”...

O pop Lulu Santos, cantou: “Quando eu saí de casa minha mãe me disse, baby, você vai se arrepender, pois o mundo lá fora, num segundo te devora... dito e feito, mas eu não dei o braço a torcer”!

É preciso força e principalmente autoconfiança... os alicerces necessitam estar prontos para que sejam erguidos os pilares que resistam ao peso da construção da individualidade. Saiba que a luta é diária, é como se fosse tijolo por tijolo construindo um castelo chamado “vida”. É necessário sonhos para motivar, como se fosse o combustível, porém vai um alerta: dificuldades surgirão sempre!

Idealizamos um caminho sereno e só de realizações, mas ao certo virão os obstáculos e as decepções, essa é a hora de mostrar que se é alguém preparado, pois nunca inicie uma escalada menosprezando a montanha ! Um pensador chinês, há séculos já prevenia: “O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar os obstáculos”. Em andanças, quando se deparar com alguém que venha com duas pedras na mão, não se retraia e nem se pergunte “onde foi que eu errei ?”... você simplesmente encontrou “alguém errado”, desvie... pronto... viu só, existe um bom pedaço livre do caminho a seguir!

Eu insisto em dizer: “É um eterno lutar, e como recompensa, um eterno aprender”... Guarde essa: “A vida só pode ser entendida olhando-se para traz. Mas só pode ser vivida olhando-se para frente”. E então, pronto para continuar a viagem?

Pois bem, abasteça-se de sonhos mas não se esqueça de levar seu escudo de guerreiro... Esperança e Confiança! Vamos lá... ânimo, coragem... monte em seu cavalo... E montados, passando por um vilarejo, em frente à uma casinha simples no fim da rua, o som de um velho rádio, lá dentro, ecoava uma canção que dizia: “...Deus te quer sorrindo !!!”.


Por João Alfredo.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Vem aí: "A Saga de Maria Antônia"

Divugando o trabalho do meu amigo Alexandre Estevanato, inclusive, galera ele vai ministrar um curso de cinema com câmeras digitais.

Agora saiba um pouco da sinopse do seu filme: "A Saga de Maria Antônia": Uma guerreira nordestina vai para o estado de São Paulo em busca de uma vida mais digna e um futuro melhor para os seus 7 filhos. Como cortadora de cana sustena sua numerosa família. Uma vida em que para comer é preciso sofre, para viver é necessário sonhar. Um Curta Metragem de Alexandre Estevanato, com Aline Alencar ( também conheço e sou muito fã do trabalho dela) e para finalizar: trilha sonora de Carlos Vergalim.

Inscrições abertas para Workshop de Cinema Digital



O cineasta Alexandre Estevanato ministrará nos dias 14 e 15 de maio, das 8 às 17 hrs. Um curso de Cinema Digital com Câmeras DSLR e, conteúdos pragmáticos:

• Conhecendo as particularidades da Câmera DSLR;

• Princípios de Linguagem Cinematográfica (planos, movimentações e angulações de câmeras);

• Construção do Roteiro e Story Board;

• Equipamentos mais utilizados;

• Produzindo um “Curta Metrage”, a produção e a direção;

Mais informações (17) 3012-4579 / (17)9201-6854


Vagas Limitadas!

PS: Inclusive, vou postar o teaser do último filme de Alexandre, no próximo post.

Caio Corsalette lança no Teaser de Clipe

Quero divulgar o novo Teaser do videoclipe de "A Ferro E Fogo" de Caio Corsalette, meu amigo! A músicas deles são fera galera e gostaria que todos que ouvisse, por favor, divulguem também! Precisamos de artistas como ele, no nosso país.

Veja:



Siga Caio no twitter:

http://twitter.com/caiocorsalette

Inscrições abertas para Curso de Cinema em Nova Iguaçu


A Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu abre seus trabalhos em 2011 com fôlego renovado, muitas idéias na cabeça, catando elementos pelo território, copiando, colando e várias câmeras nas mãos dos jovens da Baixada Fluminense.

A Petrobras, nova patrocinadora do projeto, chega através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (ICMS). Com isso, a ELC ganha força para continuar a investir na qualificação audiovisual para jovens, crianças, além de capacitação metodológica para educadores de escolas públicas.

Vagas limitadas, garanta a sua!

Mais informações: 2886-3889 / elcni2011@gmail.com

NOTA

Acaba neste final de semana (26 e 27 de março), o projeto o "Lugar de Forrobodó é na rua", vencedor do Edital Funarte de Artes Cênicas na rua 2010.
O projeto é uma parceria da Companhia Azul Celeste com a Cia Forrobodó de Teatro e Cultura Popular. Já aconteceram apresentações em José Bonifácio (12 e 13 de março), Guapiaçu ( 19 e 20 de março) e para finalizar em Mirassol, pertinho de São José do Rio Preto-SP.

Inscrições para o Projeto Ademar Guerra 2011 foram prorrogadas

O Projeto, que tem como objetivo estimular o teatro no interior do Estado, abre vagas para artistas interessados em prestar orientação artística especializada e para grupos teatrais em atividade no interior, litoral e região metropolitana do Estado de São Paulo (exceto capital) que desejam em 2011 uma experiência de troca artística e aprimoramento de seus trabalhos e procedimentos.

Os editais para seleção de Grupos e Orientadores para a Edição 2011 já estão publicados no site do Projeto: http://oficinasculturais.org.br/projeto-ademar/editais-2011.php

O período de inscrições para Orientadores é de 1º a 21 de março de 2011

Grupos de 01/03 a 14/04
Curador de 01/03 a 15/03.

Maiores Informações no site http://oficinasculturais.org.br/projeto-ademar/index.php ou pelo e-mail projetoademarguerra@oficinasculturais.org.br
Gostaríamos de contar com a colaboração de vocês para divulgação das inscrições e desde já agradecemos a atenção!

AMANHÃ, DIA 25, O SESI SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ABRE INSCRIÇÕES PARA PROJETOS CULTURAIS

Podem participar companhias e grupos de artes cênicas e música. As
inscrições, que também estarão abertas nas unidades de Marília e Birigui, vão
até 29 de abril. Os selecionados vão se apresentar no teatro da unidade para o
qual se inscreveu.


Entre os dias 25 de março e 29 de abril, o Núcleo de Artes Cênicas dos Teatros das unidades de Birigui, Marília e São José do Rio Preto estarão com inscrições abertas para seleção de projetos culturais nas áreas de teatro, dança e música. Os selecionados farão apresentações no teatro da entidade em que se inscreveu, durante o segundo semestre de 2011.
Para participar, as companhias e grupos profissionais precisam estar regularizados e suas sedes devem se localizar a, no máximo, 180 km de distância da unidade. O resultado da seleção será divulgado no dia 10 de junho.
As inscrições e o envio de projetos devem ser encaminhados exclusivamente para cada uma das unidades, pelos Correios.
O incentivo à realização de espetáculos, concertos e shows profissionais tem o objetivo de formar platéias, apoiar artistas e grupos regionais, difundir a arte e democratizar o acesso do público a diferentes manifestações culturais.


Serviço:
Inscrições para seleção de projetos culturais
Datas: de 25 de março a 29 de abril, somente pelos Correios.


SESI Birigui: Avenida José Agostinho Rossi, 620 – Jardim Pinheiros – Birigui - SP.
Informações: (17) 36429786
E-mail: editaisbirigui@sesisp.org.br
Mais informações e documentação: edital no site: www.sesisp.org.br/birigui, link mais notícias.

SESI Marília: Avenida João Ramalho, 1306 – Jardim conquista – Marília - SP
Informações: (14) 3417 4500
E-mail: editaismarilia@sesisp.org.br
Mais informações e documentação: edital no site: www.sesisp.org.br/marilia, link mais notícias.

SESI São Jose do Rio Preto: Avenida Duque de Caxias, 4.656 – Vila Elvira - 15061-001 – São José do Rio Preto – SP.
Informações: (17) 3224-2499
E-mail: editaisriopreto@sesisp.org.br
Mais informações e documentação: Edital no site: www.sesisp.org.br/sjriopreto, link mais notícias.

SESI-SP e SENAI-SP / FIESP www.sesisp.org.br e www.sp.senai.br
Jornalistas responsáveis: Rosângela Gallardo (MTb 23.025) e Evelyne Lorenzetti (MTb. 42.375).
Apoio de atendimento: Karina Silva
E-mail: imprensa@sesisenaisp.org.br
Tels.: (11) 3146-7703 / 7702 / 7706 / 7715

Conheça e participe de nossas redes sociais:
http://www.sesisp.org.br/redessociais
http://www.sp.senai.br/redessociais


Documentário sobre o Jornal "O Pasquim"

Deveria ter nascido nesta época. Para quem é fã de humor, conheça um pouco sobre a história do Jornal "O Paquim", é excelente! Veja o vídeo aqui:




Em 1969, ano particularmente duro no regime militar, surgiu no Rio de Janeiro "O Pasquim", tablóide que, com sua irreverência, humor e anarquia, daria uma nova roupagem e linguagem ao jornalismo brasileiro, uma forma mais coloquial à publicidade e causaria um forte abalo nos níveis da hipocrisia nacional. A TV Câmara conta no documentário "O Pasquim - a Subversão do Humor", através dos principais personagens desta história, como ele invadiu o Brasil, enfrentando a censura e a cadeia com o riso aberto, como se fosse mais uma das farras da turma de Ipanema.

Em O Pasquim, Jaguar, Ziraldo, Sérgio Cabral, Luiz Carlos Maciel, Marta Alencar, Miguel Paiva, Claudius, Sérgio Augusto, Reinaldo, Hubert lembram como se escreveu esta página da nossa história e Angeli, Chico Caruso, Washington Olivetto e Zélio como ela foi determinante para as páginas seguintes.

Ninguém ficou rico com a publicação, embora ela tenha vendido nos seus melhores tempos, entre 1969 e 1973, até 250 mil exemplares. Um volume acima do razoável, se lembrarmos que os jornais de tiragem nacional rodam hoje, mais de 30 anos depois, com toda a informatização, a facilidade de distribuição e as fortes campanhas de assinantes, cerca de 300 mil exemplares.

A verdade é que o comportamento da chamada Patota do Pasquim era tão anárquico quanto o conteúdo do jornal. E o que ganharam gastaram entre prisão, brigas, festas e altas dosagens etílicas. Bem que os militares e a elite brasileira tentaram sufocá-lo diversas vezes e de formas variadas mas, quando conseguiram, ele já havia disseminado uma nova forma de comportamento nos meios de comunicação. Como diz Jaguar, a imprensa tirou o paletó e a gravata, ou, como diz Olivetto, passamos a escrever e nos comunicar com língua de gente, do povo. (Fonte TV Câmara).

segunda-feira, 21 de março de 2011

Pra essa eu tiro o chapéu!

video

Isso que é uma mulher de coragem! Mesmo com muita guerra e em um país onde as mulheres não tevez, tudo que fazem é errado e motivos para serem apedrejadas, esta jornalista, colocou a cara para bater e sou o verbo. Parabéns!

domingo, 20 de março de 2011

Distúrbio 98 - 19/03/2011



Mais um programa Distúrbio 98 da Líder FM de São José do Rio Preto.
Apresentadores:
Cleber Tei Tei
Franklin Catan
Flávia Macedo
Ricardo (Chefe)
DJ Marcinho


Esse traz tudo sobre o blog da Maria Bethânia, Obama e muito mais...

sexta-feira, 18 de março de 2011

GTR reabre temporada em seu Teatro com reeleitura do espetáculo Burundangada

Estou muito ansioso! Amanhã reestreio "BURUNDANGA" mais uma peça do GTR (Grupo Teatral Riopretense) e com um personagem muito difícil e legal de fazer: Coronel Marruá.

O mais legal este espetáculo são os trabalhos do maquiador André Moretto, que me envelheceu uns 65 anos.

Foto (Elias Mendes - Prefeita; Franklin Catan - Coronel Marruá e Lucas Felipe - João Teité)


A peça é Embalada pelo Hino Nacional Brasileiro, interpretado por Vanusa, na assembléia legislativa de São Paulo, o coronel Marruá comanda uma revolução em defesa dos latifundiários. Ambientada nas proximidades do golpe militar de 1964, esta comédia tece críticas a problemas políticos e sociais ainda hoje tão presentes em nosso cotidiano.

O Mineiro João Teité, que sempre conviveu com a fome e nordestino Mathias Cão, expert na luta pela sobrevivência travestidos de militares fazem crer a uma pequena cidade, isolada do resto do país por uma tempestade, que uma revolução visando a queda do governo está em andamento. A cidade se divide em várias facções de apoio ao novo regime e a dupla tente tirar toda a sorte de vantagens da situação.

BURUNDANGA quer dizer confusão, mas Lima Barreto, usou-o para caracterizar o panorama político e social da Primeira República. A comédia se aproxima muito da história recente do País, porque a situação que apresenta tangencia o golpe militar de 1964, e serve também à atual situação política brasileira, com todos os seus escândalos.

BURUNDANGA, é uma recriação brasileira da comédia Dell'arte italiana, escrita por Luís Alberto de Abreu e dirigida por Manoel Neves Filho e opto por uma montagem circense em razão de pesquisa que o grupo vêm desenvolvendo de resgate ao teatro popular, principalmente aos circo-teatro, hoje quase em extinção pelo país.
No elenco estão Anna Maria Camargo, Daiane Souza, Elias Mendes , Franklin Catan(eu), João Victor, Juliana Ribeiro, Lucas Felipe, Luka Viveiro, Manoel Neves Filho, Ney Catarino, Roberto Vicente e Zân Guimarães.

SERVIÇO
Espetáculo : BURUNDANGA
Direção : MANOEL NEVES FILHO
Local: TEATRO GTR - Argemiro Rodrigues GouIart nº 1887 – Parque Estoril - Contato: 32164926 ou 91255414 c/ Manoel
Data: 19/03/2011 (Sábado) Horário: 20:30 horas - Ingressos: R$10,00

quarta-feira, 16 de março de 2011

Vem aí o Programa Ponto Crítico


Quero divulgar o programa “Ponto Crítico” do meu amigo/professor Luciano Alvarenga, que estréia dia 28 de março na RPTV, Canal 30 da NET em São José do Rio Preto-SP.

Tenho muito orgulho e honra de divulgar este trabalho, pois foi através de Luciano que montei esse meu mero espaço, por isso, sou muito grato.
Te desejo muita sorte, meu amigo!

Obrigado, por tudo!

terça-feira, 15 de março de 2011

Cobrança do ECAD por música no cinema é uma imoralidade legal.

O que há de comum entre os filmes “Os pássaros” (Alfred Hitchcock), “Onde os fracos não tem vez” (irmãos Cohen), "Pauline na praia" (Eric Rohmer), “Um dia de cão” (Sidney Lumet), "Dez", de Abbas Kiarostami e “A Bruxa de Blair” (Daniel Myrick e Eduardo Sánchez) é que eles não têm música.

Pois acreditem: se qualquer um destes filmes for exibido em qualquer cinema brasileiro, o dono da sala tem que pagar ao ECAD - uma entidade privada - 2,5% do bruto da bilheteria. O dinheiro, supostamente arrecadado para pagar direitos autorais dos músicos inexistentes nestes filmes estrangeiros, sai do bolso do espectador e do dono da sala e vai direto para o ECAD. Este é um exemplo extremo do absurdo em vigor no país, graças a uma lei bizarra nascida na ditadura militar e ratificada em 1998, possivelmente com as melhores intenções, por Fernando Henrique Cardoso e seu Ministro da Cultura, Francisco Wefort.

Quando uma produtora de cinema contrata um músico para fazer a trilha de um filme, ou compra fonogramas ou direitos autorais de uma música já existente, paga aos músicos, aos autores e proprietários dos direitos musicais ou fonográficos, o valor por eles estipulado. Os contratos prevêem a exibição sincronizada da música com o filme, em várias mídias e suportes. Não há justificativa razoável para que apenas os músicos – e não o diretor do filme, o autor do roteiro, o produtor, os atores, fotógrafo, montador, cenógrafos, figurinistas, maquiadores - voltem a receber qualquer pagamento na exibição do filme, sob o pretexto de pagamento de direitos autorais.

Mesmo que a cobrança da taxa do ECAD sobre os ingressos de cinema fosse eticamente aceitável, não é possível que este dinheiro vá parar nas mãos de algum músico autor ou intérprete da trilha do filme, pelo simples fato de que o ECAD não tem a mínima idéia de quem são os autores das trilhas, se é que o filme tem alguma trilha.

Para onde vai o dinheiro que o ECAD arrecada por ano no achaque legalizado aos espectadores (que pagam ingressos cada vez mais caros) e aos proprietários das salas de cinema (que enfrentam todas as dificuldades do mundo para manterem seus negócios), é segredo não revelado pelo site da entidade, mas o valor desta pilhagem amparada em lei pode ser calculado. A Ancine (Agência Nacional de Cinema) divulgou os dados parciais de 2010, foram 136 milhões de ingressos de cinema vendidos no país, com faturamento bruto de 1,3 bilhão de reais. Se não me falha a calculadora, 2,5% disso dá 32 milhões e 500 mil reais.

Filmes são criações coletivas. Os defensores do sistema cartorial do ECAD – uma entidade privada – alegam que falta aos diretores, autores, montadores, atores, organizarem-se para pleitear sua parte do butim. É um argumento que transforma em lema o sarcasmo da frase do Millôr: “Se é para locupletar-se, então que nos locupletemos todos”. Se a tese fosse levada a sério, a atividade de exibição pública de filmes no Brasil seria extinta.

É mais do que justo que os compositores recebam direitos autorais pela execução de suas músicas no rádio, em shows ou mesmo em salões de baile que cobram ingressos (onde as pessoas vão para dançar e ouvir música), mas a lei em vigor, que obriga os espectadores e os proprietários das salas de cinema a entregar seu dinheiro a uma entidade privada que não presta contas a ninguém é uma excrescência jurídica, que se mantém de pé graças ao lobby das grandes gravadoras, ao exército de advogados do ECAD e a leniência, covardia, má intenção ou pura ignorância da sólida maioria dos nossos congressistas.

PELA TRANSPARÊNCIA DAS CONTAS DO ECAD. PELO FIM IMEDIATO DO PAGAMENTO AO ECAD DA INDEFENSÁVEL E IMORAL TAXA SOBRE OS INGRESSOS DE CINEMA.

Jorge Furtado

Porto Alegre, 14 de março de 2011.


X

Texto de Carlos Gerbase sobre a cobrança do ECAD no ingresso dos cinemas:

“O ECAD fixou em 2,5% o percentual pela exibição pública. De onde surgiu este número, que não está previsto na Lei de Direitos Autorais vigente? Que tipo de cálculo foi utilizado? Ao que tudo indica, foi o próprio ECAD que decidiu cobrar 2,5%, em nome dos músicos que diz representar (na verdade, das associações a que os músicos são filiados). Se houve uma negociação para determinar este percentual, quem participou dela, e com que tipo de representação?”

Texto completo:
http://www.casacinepoa.com.br/o-blog/carlos-gerbase/direitos-autorais-4

x

Texto de Giba Assis Brasil sobre a cobrança do ECAD no ingresso dos cinemas:

“A argumentação em defesa do ECAD e sua lógica de arrecadação é sempre a mesma: "a lei diz isso". (Mal comparando, era assim que o Visconde de Barbacena defendia a cobrança do quinto e a aplicação da derrama sobre a população de Vila Rica no final do século 18.) Na minha opinião, a questão deveria ser colocada assim: é JUSTO que um escritório privado, em nome do conjunto dos músicos do país, fique com 2,5% da renda bruta de uma atividade econômica que envolve dezenas de categorias profissionais e que, neste país, na maior parte do tempo, é uma atividade deficitária e mantida basicamente por subsídios públicos?”

Texto completo:
http://www.casacinepoa.com.br/o-blog/giba-assis-brasil/ecad-ataca-novamente

x

Lei que institucionalizou a tunga aos espectadores de cinema:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9610.htm

Site do ECAD. Onde vão parar os mais de 30 milhões de reais arrecadados nos ingressos de cinema?
http://www.ecad.org.br/ViewController/Publico/home.aspx

Texto: Jorge Furtado

segunda-feira, 14 de março de 2011

Distúrbio 98 - 12/03/2011



Mais um programa do @disturbio98 da @lider983

Apresentado por:

@franklincatan
@djmarcinholider
@cleberteitei
@flaviacmacedo
e Chefe...

quarta-feira, 9 de março de 2011

Vem aí Veludinho

A Companhia Livre de Teatro de São José do Rio Preto/SP, estréia dia 12 de março (sábado) as 19h30 no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto, o seu novo espetáculo infantil
" V E L U D I N H O ". do livro de: Martha Azevedo Pannunzio - adaptação e direção Leandro Aveiro.

Sinopse:

A história do menino Edu, que sonha em ter uma espingardinha de chumbo, e depois de tanto esforço para consegui-la, atira sem querer em um passarinho indefeso, e corre contra o tempo para salvá-lo. O livro de Martha, venceu vários premios de literatura infantil, durantes os anos 80 e 90.

A proposta pedagócica é a proteção aos animais; o desarmamento infantil e a relação com a morte.

Classificação: todas as idades

Elenco:
Anderson Niels
Franklin Catan
Kiko Andrade
Inajara Fabiana
Leandro Aveiro
Rafaela Merighi.

Ficha Técnica:
Cenário, figurino, adereço: Companhia Livre de Teatro
Sonoplastia: Elaine Matsumori e Anderson Niels
Iluminação: Ricardo Matiolli
Caracterização: Inajara Fabiana
Op luz : Ricardo Matiolli
Produção executiva e assessoria de imprensa: Leandro Aveiro
Design Gráfica : Mona Luizon

Conto com sua presença...

Distúrbio 05-03-2011

Mais um programa do @disturbio98 da da @lider983.

Vai ao ar todos os sábados das 13 às 14hrs.


sábado, 5 de março de 2011

Rachel Sheherazade comenta sobre o Carnaval

Putz, me dei bem em. Acabo de publicar um texto falando sobre o mesmo tema que a jornalista Rachel Sheherazade, do Tambaú Notícias. Confira o seu comentário sobre o carnaval:

Carnaval: Festa, UFC, Nudismo, Vaidade ou Burrice?

Estamos em ritmo de carnaval, mas não sei qual é o verdadeiro ritmo, se é um “UFC” ou Nudismo.
Primeiro quero dizer que não sou contra ao Carnaval, alias, tenho muita vontade de um dia estar no sambódromo assistindo ao desfile da “minha” Gaviões da Fiel. Porém, entristece-me muito, saber que pessoas inocentes morreram na folia de Minas. De quem é a culpa? Dos fabricantes da Serpentina Metálica que colocaram as informações em inglês? Ou de nós mesmo, que reverenciamos esta festa, e perdemos a noção dos nossos atos?

Outro fato, são as brigas. No carnaval acontece mais briga que em qualquer lugar. Falo isso, porque já presenciei e, sinceramente, no começo eu tinha medo de ir, pois mais parecia um UFC, do que uma festa para as pessoas se divertirem. Mas isso é mal de brasileiro, ou melhor, do ser humano, que onde passa, quer ser melhor que o outro.

Quando digo nudismo, quero dizer que quanto mais você estiver pelada(o), mais você chamará a atenção. O problema é depois com as gravidezes inesperadas; os casamentos que não dão certo; os filhos sem um alicerce; jogados em caçambas; colocado em portas de orfanatos, ou até mesmo, sendo mortos pelos irresponsáveis.
Quando falo “nós”, quero dizer que me incluo neste grupo, pois querendo ou não, já me divertir em carnavais, mas hoje, quero aproveitar esta data para refletir e dar um alerta.

Como disse no segundo parágrafo, não sou contra esta manifestação, porém devemos refletir aonde vai o nosso dinheiro, ou você esqueceu que a Escola do Samba pegou fogo e, quem deu o dinheiro, o Governos? Não! Nós com os pagamentos de impostos.

Detalhe, o governo arrumou mais de 3 milhões de reais para arrumar a “Cidade do Samba”, mas vive dizendo que não tem dinheiro para educação, saúde, entre outras necessidades do brasileiro. Até mesmo, para arrumar os estragos feitos pela chuva no Rio de Janeiro, ou já esqueceram que “nós” fizemos aquela manifestação solidária e, quando acontece isso, o nosso governo agradece, até porque, irá arcar com menos despesas. Aí nos perguntamos, para onde vai o nosso dinheiro? Um destino eu sei: a cueca!

Quando vejo um país lutando para democratização, isso me faz pensar que eu deveria ter nascido em outras épocas, em que as pessoas lutavam por um país melhor e não se preocupassem com tantas festas e vaidade.

Assim, fica registrada minha “revolta” com as coisas que acontecem não só no carnaval, mas no Brasil. Tivemos as eleições o ano passado e uma coisa é certa: se o político que estivesse em último lugar, dessem alguns carnavais fora de época, podem ter certeza que ele teria ganhado.

terça-feira, 1 de março de 2011

Idiotas do Brasil

Sou a favor de todos os tipos de manifestações, desde que as pessoas estejam na causa de algo para a humanidade. Era o caso dos ciclistas de Porto Alegre-RS, que foram bruscamente atropelados por um “mostro”, ou melhor, dizendo: um idiota!

Por causa de idiotas como este, que não respeitam o mundo e andam estressados em todo lugar, que o Brasil está uma merda! São brigas e mais brigas no trânsito, morte a toda hora, pessoas sem paciência e não respeitam os direitos das outras.

O protesto era justamente por causa destas pessoas, que não tem paciência e não respeitam os ciclistas, que assim como eu, fazem desta “magrela” um meio de locomoção saudável e não poluente.

Esta notícia já foi divulgada de mais, mas não podia deixar de dar minhas considerações. Quero fazer deste mero espaço, um meio de informação, reflexão e divulgação de todos os gêneros, apoiando as várias manifestações que tragam benefícios para nós todos. Por isso, devo prestar a minha revolta com este cara que por pouco não matou ninguém.

O pior desta notícia foi ouvir o “bandido” dizendo que ele foi agredido pelos ciclistas e que tinha que atropelar. Ah, me poupe!
Bom, creio que ele será punido se não for mais uma vez podemos dizer que a nossa justiça é falha. Tem um texto da jornalista Renata Falzoni muito legal aqui.

Quem não viu, veja as imagens. Ele fez dos ciclistas, um boliche:

Divulgando Músicas

Hoje quero divulgar o trabalho do cantor Caio Corsalette (@caiocorsalette ) e a Banda Dollar Furado. Eles são de mais. Conheça o trabalho do Caio, clicando aqui.

Tem uma matéria falando sobre a carreira de Caio, aqui, mas escute um pouco do seu som que é sensacional: