segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Nove meses chegou

Ontem, me deparei com uma situação em que fiquei refletindo muito tempo sobre esse assunto, fui ao hospital e geralmente é uma coisa que não me agrada. E realmente não me agradou, quando me dei de frente de duas crianças brincando de ser pais.
Sei que não deveria sentir isso, mas senti, fiquei constrangido com aquela situação, pois a idade da mãe era de 12 anos e o menino 14 anos.
A criança? Um bebe pequeno, um pouco desnutrido – causa de nascimento pré-maturo, pois creio que a menina não agüentaria os nove meses.
Lembrei-me da época em que eu tinha 14 anos o meu maior sonho era se tornar jogador de futebol, deixava até o teatro de lado para jogar bola.
Pensei comigo, qual será o sonho desse garoto ou da garota? Não penso eu que esses sonhos foram interruptos por uma coisa “prazerosa”, mas perigosa se não ter cuidados.
Sempre tive um cuidado em relação a sexo, ou essas coisas, pois sempre tive um receio de ser pai muito novo, não sei o motivo, mas pelo fato de sentir que ainda estou despreparado para isso, ou pelo fato disso interromper os meus objetivos. Pois creio que os dois devem ter parado a sua escola por um período e já estão atrasados.
Percebi que o garoto era muito atrasado, pois o seu vocabulário era bem simples e com muitos erros, no qual, chegava ao ponto de gaguejar, mas senti que ele não era gago, mas um medo estava escondido nos seus olhos, pois percebi a vergonha escondia dentro deles, pois querendo ou não querendo as pessoas ficaram olhando.
E o fato dele querer parecer um pai “adulto”, pois vi a atenção que os dois davam aquela criança, me confortou um pouco.
A garota já era mais madura, pois realmente as mulheres amadurecem rápido, a forma com que ela cuidada da criança era de gente grande.
Sei que não sou tão velho, mas hoje o índice de jovens com filho é muito maior do que antigamente, a conscientização em relação algumas doenças são maiores, mas a preocupação de fazer sexo com “segurança” ainda não é o bastante.
Sei que não sou tão velho, tenho apenas 22 anos, e tenho amigos da minha idade que já tem filhos, e eles dizem que é muito legal e tudo mais, mas sempre vem o fato deles dizerem que deixaram os seus sonhos de lado, por causa da criança, pois agora eles só querem cuidar do seu filho.
Lembrei de um velho amigo, que aos 23 anos morreu, deixando uma filha de 2 anos, esse cara era um dos meus melhores amigos, morreu por bobeira, o será da criança daqui para frente? Penso eu. Tomara que ela supere isso.E o que será dessas crianças com esse bebê, pois ainda nem chegaram à adolescência e já são pais, tomara que a vida façam deles pessoas felizes, pois é grande o número de mães sozinhas hoje no nosso país. Hoje existe um programa na MTV que fala sobre mães adolescentes americanas, muitas vivem bem, mas outras... Que Deus abençoe a todos sempre, e que essas crianças cresçam felizes.
E pelo que percebi ainda os dois estão juntos e tomara que sejam por muito tempo, gostaria que vocês desse uma olhada nesse blog:

http://mymindflyaway.blogspot.com/2009/06/ser-mae-adolescente.html

12 comentários:

~*rafasonehara disse...

É meu caro Frank..
isso é realmente preocupante ontem mesmo eu estava conversando sobre isso com meu namorado.
Eu tenho apenas 18 anos mais morro de medo disso!
Se existem tantos meios de prevenir uma gravidez indesejada porque há tantos jovens e adolescentes sendo pais tão cedo?!
Na minha opinião se isso acontecesse comigo eu ia ficar desesperada e perderia completamente o encanto sabee..
aquele que sentimos quando estamos apaixonados acho que acabaria
Por isso camisinha sempre!
Beijoooos
:**

Cris Teles disse...

Realmente um caso muito sério, pois além da gravidez eles ainda estão no processo da adolescência que já não é fácil com tantas mudanças e conflitos. Infelizmente apesar de tantas informações muitos deles não tem suporte em casa e nem orientação. O importante é que falem e sejam ouvidos o que nem sempre acontece...Complicado...

Valéria disse...

Outro dia li uma reportaem que dizia 'Ter filho na adolescência
pode ser projeto de vida'
É como a escolaridade. Muitos adolescentes que têm a intenção de estudar, mas como não existe meios de acesso, principalmente financeiros, o filho é praticamente um diploma...

BeijooO e obrigada pela visita ao meu blog.

Ju Fuzetto disse...

Olá Frank!!

Na vida, tudo tem seu tempo certo... acredito que tudo acontece de acordo com o que lhe está destinado...
Alguns jovens abusam e perdem totalmente a noção. Para ter um filho hoje em dia tudo deve ser planejado...
Existem tantas crianças abandonadas por falta de juízo de muitos jovens por aí....
abraço

Dayane Mendes disse...

Salve Salve querido Frank.
Primeiramente você não sabe o quanto eu admiro as pessoas que fazem teatro. Juro que se não fosse Psicóloga eu seria atriz.rs!

Bom, ao contrário da amiga Ju aí em cima eu acredito que, não foi simplesmente vontade do destino, ou como diz o velho ditato "já estava escrito".
Mas a falta de educação, ensinamento e preparo psicológico dos pais gerou tudo isso. É claro, temos as tristes exceções de jovens que simplesmente inconsequentes. Infelizmente, a falta de informação vive nos lugares mais pobres e desprovidos do Brasil. Fato que deixa sempre a pergunta no ar "Onde está o futuro do Brasil"

Abraços

Julie disse...

É Frank... acho q eu compartilharia da tua sensação se visse algo parecido... Talvez eu seja um pouco antiquada, mas penso q há tempo p tudo, e q não há vantagem alguma pular etapas na vida. Mas, não podemos negar q há mais casos assim do q imaginamos, e q felizmente, alguns 'jovens' casais, conseguem de manaeira equilibrada, lidar c a situação, mesmo sendo difícil.

Beijos confessos!

Tiburciana disse...

Isso no meu ponto de vista interrompe sonhos de 3 vidas a dos pais jovens e do bebê , pois esses pais dificilmente teram condiçoes de dar todo aparato necessario para essa criança ate que ela se encontre madura.
Como vc sempre tomei muito cuidado com relação ao sexo, gostaria muito que se um dia tiver filhos eles encontrem ao chegar no mundo uma familia completa e estruturada esperando por eles.
Gosto de ler seues textos pois vc tem uma maturidade muito boa para tua idade
bjos

Juliana Dias disse...

Tem razão em ter ficado incomodado. Situação complicada, pior que igual à eles tem muitos por aí. E o que vem, são crianças mal cuidadas e, na sua grande maioria, tristes.

Belo texto!

beijos!

Kenia Chan disse...

Um mãe com 12 anos...
Certamente algum animal selvagem e desumano engravidou ela.
E onde estão as familias?

Lou Witt disse...

Lindo e interessante seu cantinho!

BeijO

Juliana Lotério disse...

Nossa, fico grata com o comentário, sem Ele acredito que não descobreria este blog tão interessante.
Esse assunto é tão complexo, suas palavras conseguiram mostrar a indignação de muitas pessoas que vivenciam casos como esses, jovens perdendo a melhor fase da vida pra começar uma vida cheia de responsabilidades, os privando de viver momentos lindos.
Parabéns, a partir de hoje, estarei por aqui todos os dias.. haha
Beijo! ;)

Ju Frâncica disse...

POis é....a nossa juventude já foi, de forma esmagadora,´retirada dos jovens, e, agora estão tentando retirar a infância de nossas crianças...daqui a pouco o ser humano terá que nascer adulto....É isso? Com todas as obrigações possíveis e sem a sequência lógica da maturidade acontecendo...é um pena...

Gostei muito do blog e, adoro mais ainda minha amiga...que o indicou!

É um prazer!! Juliana